Batalhão de Caçadores 2863 - C.C.S.

Novembro 15 2010

 

COMPANHIAS ADIDAS AO BATALHÃO 2863 NO FINGOÉ

 

Numa pesquisa no site da guerra do ultramar, encontrei alguns camaradas procurando por outros que pertenceram às suas companhias em Moçambique no período 1969/1971, em concreto encontrei referências das CCAÇ. 2421, CCAÇ. 2729, CART. 2385, CART. 2388 e CART.2452, companhias estas que estiveram com o nosso batalhão na zona do Fingoé.

Com o intuito de ajudar através do blog, segue uma página do livro da história do nosso batalhão onde são mencionadas as companhias em missão no campo de acção do Fingoé

 

 

Segundo consta foram estas sete companhias que nos acompanharam, só não sei onde estiveram colocadas. Se ajudar aqui fica.

 

Um abraço

 

Benildo

p>

publicado por Benildo Lopes às 18:27

A 2385 esteve sediada em Gago Coutinho. Estava já lá quando chegamos. Era uma companhia independente comandada por um Capitão miliciano, que curiosamente se chamava Gago e que "gaguejava" um pouco. Era uma companhia espectacular com malta fantástica e onde se vivia um ambiente muito bom. Graças à acção do Capitão (um promotor da então Firestone ) estava-se lá
[Error: Irreparable invalid markup ('<muito [...] <br>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

A 2385 esteve sediada em Gago Coutinho. Estava já lá quando chegamos. Era uma companhia independente comandada por um Capitão miliciano, que curiosamente se chamava Gago e que "gaguejava" um pouco. Era uma companhia espectacular com malta fantástica e onde se vivia um ambiente muito bom. Graças à acção do Capitão (um promotor da então Firestone ) estava-se lá<MUITO <br população. a para passava ambiente bom o e bem>Eles estavam bem junto à fronteira com a Zâmbia, daí estarem protegidos por uns campos de minas em defesa do quartel. Isto obrigava-me a visitas frequentes (sempre com o Fur . Mesquita). Aí me estreei a levantar a 1ª mina anti-carro com que me deparei. Ela foi encontrada por um popular e fiquei sempre com a ideia de o "denunciante", encontrador ser o montador - assim estava de bem com Deus e com o Diabo....Mas isto devia-se à acção do Cap. Gago. Só para exemplo e verem o nível ele "levou-me/obrigou-me" a dar o prémio, que então teria a receber pelo facto de ter levantado a mina, à população. Uma fortuna de 2 mil escudos (que era o valor estipulado para uma mina anti-carro ).
José Luiz Rebelo a 18 de Novembro de 2010 às 21:36

mais sobre mim
Novembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO