Batalhão de Caçadores 2863 - C.C.S.

Julho 16 2010

AS "SCUT" DO FINGOÉ

 

O nosso amigo Rebelo hoje resolveu picar-me, espero não apanhar "paludismo", mas com esta bicada das "SCUT" não resisto, está o máximo.

As "SCUT" estão na moda, para governo e oposição fazerem o mesmo, lixar o pessoal, com "chips" ou pórticos o objectivo é caçar mais uns €uros.

Os milhões que gastaram, em "SCUT" com o dinheiro dos nossos impostos, para engordar banqueiros e empresas do sistema, podia ter sido gasto  na melhoria de vida de muitos portugueses. É revoltante ver que portugueses,  36 anos depois do 25 de Abril, não têm luz eléctrica, como acontece no Alentejo junto da Serra de Serpa, sem Frigoríficos, televisão e outros aparelhos, como motores rega que podiam ajudar na agricultura. Vão para a cama ao cair da noite com candeeiros a petróleo, fazendo-me lembrar as férias que passava no Alentejo, com os meus avós, há 60 anos atrás. É uma vergonha termos políticos que não têm vergonha. Temos que nos revoltar.

A propósito das "SCUT" do Fingoé, com as fotos que o Rebelo nos enviou, é uma prova que a tropa de hoje, só reclama benesses e regalias em troca de nada e que o Desgoverno que nos governa só se lembra de enviar tropas para guerras que não são nossas e para o Líbano envia a Engenharia Militar reconstruir o que o judeus já destruíram várias vezes.

Não seria melhor a tropa ajudar as populações, do interior, no arranjo e melhoria dos caminhos de tantas aldeias isolados do Mundo, o dinheiro que gastaram nos submarinos, para quantas máquinas para este efeito daria.

À tropa que só quer regalias e benesses, toca a ter Serviço Militar Obrigatório, com a imposição de serviço comunitário à população onde for preciso, e deixem-se de exigências só para mamar.

Ponham os olhos no que a nossa tropa era capaz de fazer em Moçambique há 40 anos em prol de populações que nos eram estranhas, o que não fariam se fosse por Portugal.

Obrigado ao Rebelo por nos mostrar que não estivemos em Moçambique só para fazer a guerra dos que tinham lá interesses, as populações beneficiaram com o nosso trabalho.

A "SCUT" que vemos na foto, ligava o quartel ao aeroporto do Fingoé, era uma infra-estrutura importante pois era ali que chegavam os aerogramas e cartas que as nossas namoradas e família enviavam com muitas saudades, obra que tornou mais rápida a chegada do correio ao quartel e que nós líamos e relíamos ainda mais depressa. Que se saiba as portagens que se pagavam era com sangue, suor e lágrimas, não eram precisos "chips" nem pórticos. 

 

A "SCUT" do quartel para o aeroporto do Fingoé 

 A construção de um viaduto na mesma "SCUT"

Pausa na construção, uns copos para aquecer o pessoal 

 

 

 

Desculpem a prosa tão grande, mas às vezes fico com a "cabecinha pensadora".

 

Um abraço e mais um obrigado ao Rebelo, pelas suas fotos. Gostaria que houvesse mais repórteres fotográficos ainda falta muita história para contar.

 

Um abraço

 

Benildo 

 

 

 

p>

publicado por Benildo Lopes às 13:49

mais sobre mim
Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO